Qualidade de vida no trabalho
PDF

Palavras-chave

Qualidade de vida no trabalho
Instituição de Ensino Superior
Estudo quantitativo

Como Citar

Gonçalves, Íngrid G. de Q., Souza, L. Y. F. de, Carvalho, D. A. B. de, & Vilela, N. G. S. (2021). Qualidade de vida no trabalho: percepção dos funcionários de uma instituição de ensino superior em Minas Gerais. ForScience, 9(2), e00980. https://doi.org/10.29069/forscience.2021v9n2.e980

Resumo

O objetivo desta pesquisa é avaliar a qualidade de vida no trabalho dos servidores públicos de uma Instituição de Ensino Superior (IES) de Minas Gerais. Foi realizada um survey com 103 docentes e técnicos administrativos de uma IES. A análise dos dados se deu a partir de estatísticas descritiva e multivariada com o auxílio do software SPSS. Mais especificamente, foi feita a Análise Fatorial Confirmatória para auferir o grau de satisfação dos colaboradores com relação a nove fatores de qualidade de vida no trabalho. Em seguida, foram feitas comparações de médias por meio dos Testes T e Anova. Os resultados obtidos demonstraram que são superiores as médias de índices de QVT percebidas por diferentes grupos, tais como: as mulheres, os que ocupam cargos de gestão, aqueles que possuem menor nível de escolaridade, maior tempo de serviço na IES, e os docentes efetivos.

Palavras-chave: Qualidade de vida no trabalho. Instituição de Ensino Superior. Estudo quantitativo.

 

Quality of working life: perception of employees of a highereducation institution in Minas Gerais

Abstract

The objective of this research is to evaluate the quality of working life of public servants of a Higher Education Institution (HEI) in Minas Gerais. A survey was carried out with 103 professors and administrative technicians from an HEI. Data analysis was based on descriptive and multivariate statistics with the aid of the SPSS software. More specifically, Confirmatory Factor Analysis was carried out to measure the degree of employee satisfaction with respect to nine factors of quality of working life. Then, comparisons of means were made using the T and Anova tests. The results obtained showed that the averages of QWL indices perceived by different groups are higher, such as: women, those in management positions, those with a lower level of education, longer service time at the HEI, and permanent teachers.

Keywords: Quality of working life. Higher Education Institution. Quantitative study.

https://doi.org/10.29069/forscience.2021v9n2.e980
PDF

Referências

ALBUQUERQUE, L. G.; LIMONGI-FRANÇA, A. C. Estratégias de recursos humanos e gestão da qualidade de vida no trabalho: o stress e a expansão do conceito de qualidade total. Revista de Administração, São Paulo, v. 33, n. 2, p. 40-51, 1998.

BIANCHI, E. P.; SCALABRIN, A. C.; PENTERICH, E. Uma análise do bem-estar psicológico das pessoas nos ambientes organizacionais: reflexões para a gestão da qualidade de vida no trabalho. RACRE- Revista de Administração, Espírito Santo do Pinhal, v. 6, n. 10, p. 93-105, 2006.

CAMPOS, N. M. Qualidade de vida no trabalho dos servidores técnico administrativos do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense lotados em Pelotas. 2016. 91f. Dissertação (Mestrado em Política Social) - Universidade Católica de Pelotas, Pelotas, 2016.

DAL FORNO, C.; FINGER, I. R. Qualidade de vida no trabalho: conceito, histórico e relevância para a gestão de pessoas. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, Ponta Grossa, v. 7, n. 2, p. 103-112, 2015.

DAMASCENO, T. N. F.; ALEXANDRE, J. W. C. A qualidade de vida no trabalho no âmbito do serviço público: conceitos e análises. Revista Científica da Faculdade Darcy Ribeiro, Brasília, n. 3, p. 39-49, 2012.

DIAS, P. S.; SILVA, H. V. T. S.; MACEDO, R. C. Estatísticas multivariadas na administração: importância e aplicação da análise fatorial exploratória1. Revista Eletrônica de Administração e Turismo, Pelotas, v. 13, p. 1807-1828, 2019.

FEITOSA, T. V. N. Qualidade de vida no trabalho em condições extremas. 2014. 107 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Administração) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2014.

FERREIRA, M. C. Qualidade de vida no trabalho: uma abordagem centrada no olhar dos trabalhadores. Brasília: Ler, Pensar, Agir, 2011.

FERREIRA, M. C.; ALVES, L.; TOSTES, N. Gestão de qualidade de vida no trabalho (QVT) no serviço público federal: o descompasso entre problemas e práticas gerencias. Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 25, n. 3, p. 319-327, 2009.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

GALEANO, R.; VIEIRA, V. A.; ARAÚJO, K. A qualidade de vida no trabalho como fator de influência no desempenho organizacional. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 11., 2008, São Paulo. Anais[...]. São Paulo: USP, 2008.p.1-16.

GOMES, K. K. et al. Qualidade de vida e qualidade de vida no trabalho em docentes da saúde de uma instituição de ensino superior. Revista Brasileira de Medicina do Trabalho, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 18-28, 2017.

HAIR JUNIOR, J. F. et al. Análise multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HAIR JUNIOR, J. F. et al. A análisemultivariada de dados. 6. ed. São Paulo: Artmed, 2009.

KAISER, H. F.; RICE, J. Little Jiffy, Mark IV. Educational and Psychological Measurement, v. 34, n. 1, p. 111-117, 1974.

KLEIN, L. L; PEREIRA, B. A. D.; LEMOS, R.B. Qualidade de vida no trabalho: parâmetros e avaliação no serviço público. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 20, n. 3, p. 1-30, 2019.

LANDIS, J. R.; KOCH, G. G. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics, v. 33, n. 1, p. 159-174, 1977.

LAROS, J. A. O uso da análise fatorial: algumas diretrizes para pesquisadores. In: LAROS, J. A. Análise fatorial para pesquisadores. Brasília: LabPAM Saber e Tecnologia, 2012. p. 141-160.

LEITE, J. V.; FERREIRA, M. C.; MENDES, A. M. Mudando a gestão da qualidade de vida no trabalho. Revista Psicologia: Organizações e Trabalho, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 109-123, 2009.

LEONE, E. T.; BALTAR, P. Diferenças de rendimento do trabalho de homens e mulheres com educação superior nas metrópoles. Revista Brasileira de Estudo de População, Belo Horizonte, v. 23, n. 2, p. 355-367, 2006.

LIMA, A. R.; OLIVO, M. Qualidade de vida no trabalho: realidade e perspectiva. 2015. 56 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Gestão de Recursos Humanos em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

LIMONGI-FRANÇA, A. C. Qualidade de vida no trabalho - QVT: conceitos e práticas nas empresas da sociedade pós-industrial. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

LIMONGI-FRANÇA, A. C.; SCHIRRMEISTER, R. Diagnóstico e modelagem de políticas, programas e ações em um órgão público brasileiro na gestão da qualidade de vida no trabalho. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 18., 2015, São Paulo. Anais[...]. São Paulo: USP, 2015.p. 1-17.

MACHADO, D. C.; SILVA, A. F. Um indicador de não satisfação no trabalho e a mobilidade do mercado de trabalho: um estudo para homens e mulheres. Revista Nova Economia, Belo Horizonte, v. 24, n. 1, p. 123-140, 2014.

MARQUEZE, E. C.; MORENO, C. R. C. Satisfação no trabalho e capacidade para o trabalho entre docentes universitários. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 14, n. 1, p. 75-82, 2009.

MATIAS, E. P. B.; MOURA, M. C. C. Quality of life at work: a case study on Federal Public Institutionsof Higher Education. Exacta, São Paulo, v. 17, n. 1, p. 147-155, 2019.

MATOS, M. C. P. Qualidade de vida no trabalho: o sentimento do medo como fator de estresse em ambientes organizacionais do segmento portuário. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 13., 2010, São Paulo. Anais[...]. São Paulo: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - USP, 2010. p. 1-12.

MESSETTI, A. V. L. Utilização de técnicas multivariadas na avaliação da divergência genética de populações de girassol (helianthus annuus l.). 2007. Tese (Doutorado em Agronomia) - Faculdade de Ciências Agronômica, Universidade Estadual Paulista. Botucatu,

SP, 2007.

MOREIRA, M. G. Qualidade de vida no trabalho: levantamento e análise de artigos publicados em periódicos e eventos. 2010. 66 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Gestão Estratégica) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010.

OLIVEIRA, R. R. et al. Qualidade de vida no trabalho - QVT e responsabilidade social empresarial - RSE: um estudo sobre a satisfação de QVT com funcionários voluntários em programas RSE. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 12., 2009, São Paulo. Anais[...]. São Paulo: USP, 2009. p. 1-16.

OLIVEIRA, R. R. et al. Satisfação com a qualidade de vida no trabalho – QVT: estudo comparado entre grupos do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 13., 2010, São Paulo. Anais[...]. São Paulo: USP, 2010. p. 1-16.

PAZINI, M, H.; STEFANO, S. R. A qualidade de vida no trabalho e satisfação: um estudo multi-casos com os funcionários das empresas do sistema “S”. In: ENCONTRO DE GESTÃO DE PESSOAS E RELAÇÕES DE TRABALHO, 2., 2009, Curitiba, 2009. Anais[...]. Curitiba: 2009. p.1-16.

PEDRO, E. M.; ALVES, H.; LEITÃO, J. In search of intangible connections: intellectual capital, performance and quality of life in higher education institutions. Higher Education, p. 1-18, 2020.

PORTAL IFMG. Regulamentação da atividade docente, não paginado. Disponível em: https://www.sje.ifmg.edu.br/portal/index.php/regulamentacao-da-atividade-docente. Acesso em: 09 nov. 2020.

POZO, H.; TACHIZAWA, E. T. Qualidade de vida no trabalho nas micro e pequenas empresas como vantagem competitiva. Reuna, Belo Horizonte, v. 21, n. 4, p. 81-102, 2016.

SCHIRRMEISTER, R.; LIMONGI-FRANÇA, A.C. A qualidade de vida no trabalho: Relações com o comprometimento organizacional nas equipes multicontratuais. Revista Psicologia: Organizações e Trabalho, Florianópolis, v. 12, n. 3, p. 283-298, 2012.

SILVA, C. A.; FERREIRA, M. C. Dimensões e indicadores da qualidade de vida e do bem-estar no trabalho. Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 29, n. 3, p. 331-339, 2013.

SILVA, F. C. et al. Qualidade de vida no trabalho: um estudo em uma rede supermercadista. Revista Eletrônica de Administração, Porto Alegre, v. 15, n. 1, p. 141-157, 2016.

SILVA, M. T.; ESTENDER, A. C. A qualidade de vida no trabalho. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 13., 2016, Resende. Anais[...]. Resende: UNG, 2016. p. 1-11.

SOUZA, E. P; MARQUES, A. L.; JORGE, M. A. M. Qualidade de vida do trabalho no setor público: diretrizes para a elaboração de um programa com base em uma experiência junto a um órgão da administração direta do estado de Minas Gerais. Revista Gestão Pública: Práticas e Desafios, Recife, v. 5, n. 1, p. 71- 87, 2014.

TROJAN, R. M.; SIPRAKI, R. Perspectivas de estudos comparados a partir da aplicação da escala Likert de 4 pontos: um estudo metodológico da pesquisa TALIS. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 275-300, 2015.

VELOSO, E. F. R. et al. Gestão de carreiras e crescimento profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, Campinas, v. 12, n. 1, p. 61-72, 2011.

VENSON, A. B. S. et al. O recurso mais importante para as organizações são mesmo as pessoas? Uma análise da produção científica sobre qualidade de vida no trabalho (QVT). Revista de Administração da UFSM, Santa Maria, v. 6, n. 1, p. 139-156, 2013.

Creative Commons License

Este trabalho está licensiado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Array